Método histórico-genético / vida cotidiana ponto de partida

Ir em baixo

Método histórico-genético / vida cotidiana ponto de partida

Mensagem  Gladymst em Qui Out 29, 2009 6:05 am

Marx fez isso em "O Capital", não fez? Partiu do mais simples para o mais complexo e do mais complexo para o mais simples. Não está mais ou menos assim no prefácio a Introdução a crítica da economia política?

Qual a especificidade da contribuição metodológica de Lukács ao marxismo?
avatar
Gladymst

Mensagens : 10
Data de inscrição : 26/10/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Método histórico-genético / vida cotidiana ponto de partida

Mensagem  Deise Luiza Ferraz em Seg Nov 02, 2009 9:49 pm

Aproveito o tópico aberto Glady para adicionar uma dúvida minha, qual seja:

Lukács afirma que devemos partir do cotidiano, onde os problemas ontológicos se colocam em estado bruto. Este cotidiano é entendido como a manifestação do momento de uma conexão geral de determinados complexos no âmbito de um processo histórico. Na seqüência do texto, afirma-se que: "método histórico-genético – a partir da vida cotidiana, compreender os fenômenos complexos partindo dos fenômenos originários". Para mim não ficou muito claro a relação entre a vida cotidiana e os fenômenos originários. Como chego aos fenômenos originários partindo do cotidiano para compreender os fenômenos complexos? Não seria na reconstrução das conexões gerais de determinados complexos que alcançaria os fenômenos originários para então, a partir destes traçar o caminho de volta e chegar a compreensão das formas e determinações da existência do ser social que, no princípio, se manifestou ao pesquisador enquanto cotidiano?

Fico grata se puderem me ajudar.

Abraços e beijos a todos e a todas
avatar
Deise Luiza Ferraz

Mensagens : 11
Data de inscrição : 17/10/2009
Idade : 40
Localização : Porto Alegre/RS

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum